O Exterminador do Futuro 2 – O Julgamento Final

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

O segundo filme da franquia Terminator é o mais celebrado e muitos o consideram o melhor da série: mais vibrante, cômico, pop e bem feito. Os seus revolucionários efeitos são celebrados até hoje e, embora a tecnologia tenha avançado, jamais foram superados. Dessa vez o T-800 vivido por Schwarzenegger é o herói e enfrenta uma ameaça chamada T-1000. Foi a maior bilheteria daquele ano e venceu 5 Oscar, inclusive a barbada de Efeitos Visuais.

A Bela e a Fera

A Bela e a Fera é a segunda animação da chamada “Segunda Época de Ouro da Disney” iniciada em 1989 com A Pequena Sereia. E foi a primeira animação indicada ao Oscar na categoria principal, vencendo nas categorias de Canção e Trilha Sonora. E a Bela do título é uma protagonista diferente das apresentadas até então: é uma pessoa igual a nós e suas motivações são para ajudar seu pai, que é a sua figura familiar. O amor, tão exaltado nos clássicos da Disney, é consequência e ocorre de forma natural.

filmes

O Silêncio dos Inocentes

O Silêncio dos Inocentes venceu as 5 principais categorias no Oscar: Filme, Direção, Ator, Atriz e Roteiro, feito só atingido por Aconteceu Naquela Noite, em 1935, e Um Estranho no Ninho, em 1976. E só o fato de um filme de terror vencer o prêmio principal do cinema, já é um grande feito. Além do feito, apresentou esse vilão memorável chamado Hannibal Lecter, que ganha versões até hoje. Um marco!

Thelma & Louise

Em 1991, as mulheres não tinham muita representatividade em tela e dificilmente protagonizavam filmes, a não ser ao lado de um homem. O argumento? Mulheres não dão bilheteria. Mas aí o diretor Ridley Scott quebrou paradigmas novamente (ele já havia mudado em Alien, em 1979) e apresentou mulheres protagonistas em um filme onde as figuras masculinas estão em segundo plano ou são vistas como repressoras. O resultado? Um sucesso de público e crítica, vencedor do Oscar de Roteiro Original e as personagens Thelma e Louise são aclamadas até hoje. Por homens e mulheres.

filmes

Barton Fink – Delírios de Hollywood

Barton Fink é dos melhores e mais espirituosos filmes dos irmãos Coen: original, cômico e absolutamente delicioso de se ver. Foi o primeiro filme a levar os três prêmios principais em Cannes, teve 3 indicações ao Oscar e, curiosamente, seu roteiro, sobre um escritor em crise de ideias, foi escrito quando os próprios irmãos Coen estavam em bloqueio de escrita quando escreviam Ajuste Final, o filme anterior da dupla. Foi ganhando status de cult com o tempo. Vale a pena ser descoberto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here