Antes de começarmos: é claro que esse texto terá spoilers, e recomendo também que antes de ler o one-shot de Rebirth você leia Liga da Justiça #50 e Superman#52, pois eles funcionam como uma introdução para os eventos de Rebirth.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Finalmente depois de muita propaganda e ansiedade dos DCnautas, incluindo esse que vos escreve, essa semana foi lançado o especial DC Universe: Rebirth lá nas terras do Tio Sam. Geoff Jonhs escreve sua edição de despedida dos quadrinhos, já que agora ele é o todo poderoso do universo DC nos cinemas. Nos desenhos temos um grupo grande que contribui, mas a arte é feita principalmente por Ethan Van Sciver.

Pra quem está meio perdido, DC Universe: Rebirth faz parte da nova fase da DC Comics pós Novos 52 e tem a missão de dar o ponta pé inicial. Agora vamos ao que interessa: a história é basicamente contada em primeira pessoa por Wally West, o Flash que ficou perdido depois do Flashpoint (evento que deu início aos Novos 52), ele está preso na Força de aceleração e fica vagando por universos e indo atrás de personagens para ver se alguém se lembra dele para que possa retornar a existência.

dc-renascimento-rebirth-wally-west-barry-allen-plano-critico

O roteiro parte como uma resposta a DC pelos erros cometidos durante a fase dos Novos 52. Wally West estrelando a trama traz exatamente esse aspecto, apontando o fato de que a DC quer reconquistar os fãs do passado e a partir do resgate de valores que talvez tenham sido perdidos durante os Novos 52. Wally West dos Novos 52 continuará na fase Rebirth, mas como Kid Flash integrando a equipe dos Novos Titãs, que tem como líder agora o Robin Damian Wayne.

Voltando ao roteiro, o que chama a atenção é a possível adição do Watchmen ao DCCU. Durante toda trama, Wally deixa claro que alguém está alterando o universo e tem algumas indicações de que talvez seja o Dr. Manhattan que está causando essas alterações na linha temporal. A sequência dessa mudança temporal que é estabelecida será tratada no novo gibi chamado Titãs, que será estrelado por Wally devidamente reintegrado ao universo.

O quadrinho como obra se sustenta de maneira sólida, ele é bem didático pra quem esta chegando agora, mas também traz um olhar mais a fundo para quem sabe do que está sendo tratado lá. Leia as indicações do começo do texto, terá um aproveitamento melhor da obra.

A arte não é nada espetacular, mas em alguns momentos faz muito bem seu papel.

Com essa novo renascimento ficamos no aguardo das novas histórias fazerem jus ao legado Dciano de grandes clássicos. Dos que eu mais estou ansioso temos o Batman do Tom King, Mulher Maravilha do Greg Rucka, Esquadrão Suicida desenhado pelo Jim Lee e o dos Titãs pra continuar acompanhando a volta de Wally. Aí embaixo tem uma lista dos novos títulos, qual vocês estão mais empolgados?

DC Universe - Rebirth (2016) 001-080

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here