Assassin’s Creed: Syndicate é mais um jogo da famosa ordem dos assassinos da produtora Ubisoft. O jogo está disponível para as plataformas Xbox One, PS4 e PC. Foi lançado dia 23 de outubro do ano passado, as opiniões sobre o jogo foram bem diversificadas, contando com pessoas que não gostaram de forma alguma, até aquelas que amaram o game.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas


A HISTÓRIA


Como em outros título da série, o enredo de Syndicate gira em torno da eterna batalha contra os templários. Dessa vez, Londres é o palco da batalha e a Era Vitoriana é o período em que a história do game se passa. Crawford Starrick é o grande vilão do jogo, e cabe aos irmãos Freys deterem o maligno que pretende dominar o mundo.

ACS ll

Como se os problemas já não fossem poucos, dessa vez ainda é preciso lidar com uma gangue que assola a cidade. Os Blighters, como são conhecidos, trabalham para os Templários e Crawford Starrick, portanto cabe ao jogador formar a sua própria gangue e livrar os distritos da ação dos brutamontes.
Por mais que tudo pareça repetitivo para quem acompanha a saga desde os primeiros jogos, a forma com que tudo se desenvolve em Syndicate é mais agradável e menos clichê. Os diálogos são mais suaves e construtivos, possuem uma dose homeopática de humor sarcástico, o que ajuda a quebra um pouco o clima. Dessa forma, as inúmeras horas de gameplay são embaladas por uma trama interessante e que vale a pena acompanhar em vez de simplesmente pular as inúmeras cenas.

Assim como em outros jogos da franquia, Assassin’s Creed: Syndicate consegue reproduzir, de uma forma bem fiel, o cenário onde o jogo se passa. Londres foi reconstruída de uma forma que chama atenção desde os primeiros minutos do game, onde fábricas “esfumaçantes” contrastam com becos apertados e construções que até hoje encontram-se preservadas.

Os inúmeros pontos turísticos de Londres não só estão presentes no jogo, como também são parte importante da trama. Logo nas primeiras horas, é preciso visitar o famoso Big Ben, famoso cartão-postal da cidade, escalar a gigantesca torre e acionar mecanismos. Um belo pretexto para aqueles que nunca tiveram oportunidade de alcançar o topo da construção e admirar a bela paisagem.


O DESTAQUE


Alexander Graham Bell, o famoso inventor do telefone, é quase um protagonista do game tamanha é sua participação na história. Charles Darwin também tem participação fundamental no enredo. Isso faz com que o jogador conheça um outro lado dessas figuras famosas na história do mundo que, de uma forma bem divertida, acabam encaixando-se no que o jogo propõe.


O GRÁFICO


ACS

Como se não bastasse, o gráfico do jogo está incrível. Acontece de parar só para poder apreciar a vista. Vale destacar o cuidado que a Ubisoft teve ao fazer um jogo que apresenta problemas há tempos. Pelo menos nesse, eu tive poucos problemas com bugs, até porque a qualidade gráfica compensa tudo isso.

Os dois protagonistas de Syndicate são o grande ponto alto do jogo. Não só pela forma com que agregam ao enredo considerado saturado em jogos anteriores, mas também pela dinâmica que ambos podem contar com uma linha de habilidade bem diferente. Com isso, o uso de um determinado personagem é crucial para terminar atividade específica.

Há a possibilidade de escolher entre os personagens durante as missões paralelas. Além de deixar o game menos repetitivo, de acordo com a missão, o jogador tem a opção de escolher qual o melhor personagem para determinada tarefa. O mesmo vale para a linha de evolução de suas perícias. Por exemplo, você pode optar por ter Evie com mais habilidades furtivas, enquanto Jacob pode evoluir o sistema de combos e outras habilidades que envolvem os combates.


A CONCLUSÃO


Por fim, o jogo é espetacular e vale a pena o investimento. Para aqueles que, assim como eu, estava com “um pé atrás” para adquirir o game, podem comprar sem medo, vocês não vão se arrepender.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here