Com a chegada de Martin McFly cada dia mais perto, De Volta para o Futuro tem voltado cada vez mais para as rodas de conversas entre nerds. Então em uma dessas entrevistas de divulgação de seu novo filme A Travesia, Robert Zemeckis que é o pai, diretor e roteirista de De volta para o Futuro, em entrevista ao site americano Cinema Blend disse que seu filme não seria feito em 2015, para infelicidade geral da nação:

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

“Infelizmente não acho que o filme seria feito hoje em dia. Não acho que o público entenderia ou teria interesse em ver o filme. Na verdade, acho que teria sim interesse, mas não acho que se tornaria um sucesso de bilheteria.”

Zemeckis também fala sobre porque seu filme resistiu tão bem ao teste do tempo:

“Eu acho que o que houve foi que filmes caíram em categorias iguais. Uma das coisas únicas sobre De Volta para o Futuro é que nós nunca conseguimos colocar em nenhuma categoria quando nós tínhamos as locadoras. Não se sabia se era uma comédia, ou se era uma ficção científica ou se era um filme de época. Eles não sabiam onde colocá-lo e isso que o fez único e que o deu tanta longevidade. ”

Ele ainda complementa dizendo que os estúdios não fazem mais filmes assim pois o público fica inseguro de assistir algo que não sabem o que esperar, ou seja, as pessoas estão muito soft hoje em dia. Você concorda com Zemeckis e acha que as pessoas não tem interesse em filmes que apresentam coisas novas?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.