A Hello Games enfrentou muitos problemas para produzir o jogo. Em maio desse ano, Sean Murray, produtor do jogo, soltou uma nota oficial confirmando o adiamento do lançamento e mais:

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

“O jogo realmente ficou pronto, e foi um grande alívio. Enquanto nós jogamos e assistimos à testes todos os dias, eu estou finalmente empolgado. Nós realmente estamos  fazendo isto.
Entretanto, enquanto nos aproximávamos dos prazos de entrega, nós percebemos que alguns momentos precisavam de um polimento extra para atenderem aos nossos padrões de qualidade. Eu tive que tomar a difícil decisão de atrasar o lançamento do jogo por algumas semanas para permitir que entreguemos um produto especial”
, comentou Murray.

Na época, o produtor também frisou que este tipo de jogo nunca foi criado antes, considerando ainda o tamanho da sua equipe de desenvolvimento em relação as expectativas do projeto. Ele achou mais prudente atrasar um pouco a entrega para oferecer um produto de melhor qualidade. É claro que os fãs mais ansiosos para o lançamento não ficaram muito felizes em saber disso, mas foi algo compreensível.

Como se não bastasse, o jogo também enfrentou problemas envolvendo direitos autorais, em que a Sky TV clamou os direitos da palavra “Sky” presente em ambos. A disputa durou cerca 3 anos, até ambas as partes se acertarem.

Na última quinta-feira (7) Sean Murray, fundador da Hello Games, anunciou via twitter que o desenvolvimento de No Man’s Sky está completo. Agora, ele seguirá para fabricante que irá finalizar a arte no disco do jogo. Murray também disse que se sente orgulhoso de sua pequena equipe nesses longos 4 anos de desenvolvimento.

Para os que ainda não conhecem a história que o jogo terá, vou familiarizá-los para que depois não haja surpresas. Bom, em No Man’s Sky, os jogadores são livres para explorar todo um universo, gerado proceduralmente, que inclui cerca de 18 quintilhões de planetas, todos eles com flora e fauna própria. Quando o jogador começa pela primeira vez a jogar No Man’s Sky é colocado num planeta à beira da galáxia, e a partir dali são livres para irem onde quiserem. O objetivo do jogo é chegar ao centro da galáxia e Sean Murray referiu que demora cerca de 40 a 120 horas para o jogador chegar lá.

No Mans Sky lll

Ao explorar, os jogadores ganham informação sobre os planetas e submetem o que aprenderam para o Atlas, uma base de dados universal compartilhada por todos os jogadores no jogo. Os jogadores também coletam materiais para melhorar o equipamento do seu personagem e comprar naves, permitindo assim que viagem mais para dentro da galáxia, interagir de maneiras amigáveis e hostis com facções espaciais controladas pelo CPU ou fazer comércio com outras naves. Algumas atividades alertam as chamadas sentinelas, que protegem a vida e os recursos dos seus planetas, tentando matar o personagem do jogador. No Man’s Sky é um universo compartilhado, em que, por exemplo, os jogadores podem trocar coordenadas de planetas com os amigos, apesar do jogo poder ser jogado sem estar ligado à internet.

No Man’s Sky tem o maior mapa da história dos jogos e estima-se que demore 350 bilhões da anos para explorar todos os planetas que ele possui. Apesar do jogo ser basicamente “infinito”, ele ocupa apenas 6GB do disco do seu PS4.

No Man’s Sky tem previsão para chegar no dia 9 de agosto para PS4 e PC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here