Ontem, dia 23, tivemos a notícia de que agora é possível usar a Vulkan ao invés do DirectX 9/11 ou OpenGL para jogar Dota 2. O que acontece é que muita gente está com dúvidas sobre isso, então eu vou esclarecer algumas delas.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas


O que é a Vulkan?


A Vulkan foi criada para ser a sucessora do OpenGL e, assim como o DirectX 12, é uma API focada em instruções de baixo nível, com objetivo de reduzir o overhead da CPU –ou seja, aproveitar melhor todos os núcleos do processador ao invés de jogar quase todo o trabalho em um dos núcleos. Ela utiliza como base a Mantle, que foi doada pela AMD na intenção de criar um software que possa se tornar um padrão por toda a indústria,– ou seja: ele trabalha com os sistemas Windows, Linux e Android, por exemplo. “É um marco que mostra a liderança da AMD no desenvolvimento de Games. Há anos temos fornecido tecnologias que revolucionam o desempenho, como o Async Shaders, com ganhos tanto de desempenho como no número de objetos suportados”, afirma Especialista em Hardware da AMD Brazil.

A ideia do Khronos Group é, ao mesmo tempo, transformar o OpenGL num padrão que seja revelante para os principais games para PC e Linux, e fornecer uma API que possa competir com o DirectX 12. Para isso, a Vulkan traz otimizações que ajudam os desenvolvedores a diminuir os gargalos causados pelo processador, ao se aproveitar melhor das capacidades de multi-threading deles. “Vulkan nasce com a ideia de dar suporte a todos os ambientes disponíveis, seja Windows, Linux, Android, MacOS ou IOS.


Como influencia no Dota 2


O Wykrhm Reddy postou em sua página oficial no Facebook que a instalação da Vulkan e o uso dele no Dota 2 pode melhorar o seu FPS dentro do jogo, já que ouve relatos de que aconteceu isso em alguns computadores. Antes de fazer qualquer coisa, é preciso estar ciente de algumas coisas. Os requisitos do sistema são extremamente importantes.

  • Windows 7/8/10 64bit: NVIDIA 600-series+ (365.19+ driver), AMD 7700+ (Crimson 16.5.2.1+ driver).
  • Linux 64-bit: NVIDIA 600-series+ (364.16+ driver), AMD GCN 1.2 (16.20.3 driver).
  • É necessário 2GB de RAM já que o jogo pode “crashar” caso não tenha 2GB de RAM.
  • Não está disponível para MAC.
  • Tenha certeza de que os drivers estão atualizados antes de prosseguir. Basta clicar aqui no caso da nVidia e aqui no caso de ser AMD, assim poderá certificar de que está tudo atualizado.

Caso você seja jogador de Dota 2 e não sabe como instalar a Vulkan, não se preocupe, vou mostrar como instalar.


Instalando a Vulkan no Dota 2


  • Vá até a Biblioteca na Steam > Dota 2.
  • Clique com o botão direito e abra Propriedades.
  • Abra a última aba (conteúdo adicional) e lá vai estar escrito “Dota 2 – Vulkan support”.
  • Basta apertar no quadrado para instalar.
  • Depois da instalação, abra as opções do launch do Dota 2 e digite: -vconsole -vulkan.
  • Agora é só abrir o Dota 2 e desfrutar da Vulkan.

Observação: se você usar algum outro comando de DX ou OpenGL (-dx9/-dx11/-gl), apague para evitar conflitos.
Vale lembrar que não é obrigatório o uso da Vulkan. Caso queira voltar a usar o DX, basta apagar o comando “-vulkan” no launch do game. Mesmo não usando, pode deixá-la instalada, não irá causar nenhum problema.


Como sei que o Dota 2 está rodando com a Vulkan?


  • Abra o console, usando a tecla (`).
  • É necessário ter colocado o comando -vconsole. Caso sim, irá abrir o console.
  • Procure algo sobre o “RenderSystem” e tem que apresentar algo mais ou menos assim: Unable to open Vulkan.

Vulkan l
Observação: caso não esteja escrito isso, provavelmente estará o DX ou o OpenGL, logo, confira os drivers e veja se os comandos estão certos.

Qualquer dúvida, basta me adicionar na Steam que eu esclarecerei todas elas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here