É difícil encontrar alguém que não tenha jogado qualquer Resident Evil. É um jogo bem comum de se discutir em uma roda de amigos, não importando se você jogou o 1 e não tenha jogado o 6 e vice-versa.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Apesar da demo de Resident Evil 7 repassar a impressão de que a nova proposta seguirá por linhas mais sobrenaturais, com fantasmas e outros elementos do tipo, o diretor do título rechaça esta teoria e explica que o game será um legítimo Resident Evil.

Koshi Nakanishi, diretor da produção diz:

“Eu vi as reações iniciais sobre a demo que disponibilizamos, onde alguns tiveram a impressão de transformamos Resident Evil em uma espécie de história sobrenatural fantasma, oculta. Eu acho que a demo pode repassar esta sensação, mas não se preocupe. Tudo fará sentido no fim.”

Ele falou ainda mais no blog, dizendo que “nos 20 anos da história de Resident Evil os pilares foram sempre medo e terror, exploração do ambiente, elementos puzzle, gerenciamento de recursos e combate contra inimigos. Tudo isto está neste game, mas queríamos começar com os dois primeiros elementos – horror e explorar – e você tem a experiência desses dois pilares logo de cara”.

Em seguida, Nakanishi disse: “Se você acha que, por conta dos outros elementos não estarem na demo eles também não vão estar no produto final, este não é o caso. Estamos focando na primeira instância de terror na demo”.

“Depois que dissemos que o novo título faz parte da série numerada e depois que as pessoas jogaram a demo, alguns disseram ‘É sério?’, porque não parece nem um pouco com o que estão acostumados, mas confie em mim”, explicou Nakanishi. É Nakanishi, não temos muito o que fazer além de confiarmos no seu trabalho.

As palavras do desenvolvedor vão de encontro a outros esclarecimentos da própria Capcom, que já explicou que a demo serve somente para os jogadores conferirem as novas mecânicas, ambientação e formas de jogabilidade. Ela (demo), inclusive não fará parte do jogo. O diretor também confirmou que os Quick Time Events introduzidos à franquia em Resident Evil 4 não vão estar presentes, e o produtor Masachika Kawata adicionou: “Sei que muitas pessoas vão ficar contentes com isso”.

Contudo, mesmo que a empresa tenha mencionado que se trata de um legítimo título da franquia, o retorno de zumbis e armas biológicas ainda não foram confirmados ou esclarecidos. Nakanishi ainda declarou entender a frustração dos fãs e jogadores que desejam saber mais sobre o enredo, personagens principais, cronologia, entre outras coisas. Sobre isso, ele explica que faz parte do processo e que novidades serão compartilhadas com todos ao longo do ano.

Resident Evil 7 chegará ao PS4 em 24 de janeiro de 2017 e contará com suporte ao PlayStation VR. Também chegará ao Xbox One e PC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here