Depois da análise do Star Wars: Battlefront, senti a necessidade de falar sobre outro FPS, Rainbow Six: Siege, que é um pouco diferente. Já explico o porquê.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Como vocês sabem, o estilo de jogo FPS que vem dando mais certo é aquele do Battlefield e até mesmo do Call of Duty. Bem, o Rainbow Six: Siege chamou minha atenção por um fato bem simples, ele conseguiu atingir o objetivo de ser um shooter, em sua essência, tático. A Ubisoft decidiu dar uma repaginada nos FPS que vinham saindo, o que acabou dando muito certo e chamando a minha atenção. Essa ‘ousadia’ da produtora fez muita diferença e foi uma inovação que eu senti falta no Star Wars: Battlefront.

O Rainbow Six: Siege, como todo jogo, exige um tempo de treinamento para que você consiga extrair o máximo que  puder dele. Eu estou falando isso porque se você não jogou o beta, provavelmente, vai passar mais tempo na tela de carregamento do que no jogo em si. Até eu, que joguei o beta, tenho dificuldade em ficar vivo – talvez seja porque eu sou noob mesmo. A minha dica sobre essa situação é ter paciência. Se jogá-lo com pressa, você vai ter problemas em ficar de pé.

Essa dificuldade ajuda no quesito em que o jogo foi focado, que é ser um jogo tático e estratégico. Logo, quanto mais você morre, mais fica cauteloso nas próximas vezes. Então, quando você menos esperar, estará pensando em táticas na sua cabeça – não se preocupem, é normal.

Os cenários alternam entre atacar ou defender. Outro motivo pelo qual ele é diferente dos outros FPS. Para exemplificar isso posso dizer que, na maior parte das vezes quando temos que mexer com bombas, a ideia é “defusar” ou mantê-las. A outra parte seria a de resgatar um refém ou mantê-lo exatamente onde ele está.

Rainbow Six Siege l

As habilidades tornam o jogo cada vez mais interessante, principalmente depois que você começa a aprender a jogar com elas. Na medida que você vai jogando fica mais esperto e acaba associando que, se for um defensor, você pode espalhar armadilhas, fortificar as paredes dos lugares e até mesmo monitorar batimentos cardíacos para ter uma noção dos seus inimigos. Em contrapartida, os atacantes possuem classes que desarmam essas armadilhas e até mesmo há aqueles com habilidade de perfurar a parede, dentre outras várias combinações.

O jogo fica melhor se você estiver jogando em equipe, mas não no “modo” cada um por si.

Rainbow Six Siege lll

Aqui vai uma dica valiosa, principalmente se você não pretende gastar dinheiro mais do que o necessário. As classes são divertidas sim, só que você não vai conseguir liberar todas elas de graça. A dica é escolher cuidadosamente as suas primeiras classes.

Um problema que eu destaco aqui no Rainbow Six: Siege é que TODOS os mapas são praticamente idênticos, salvo alguns pequenos detalhes. Nem mesmo Call of Duty: Black Ops 3 conseguiu dar uma variedade considerável, quem dirá o Rainbow Six: Siege. Não é um problema que me incomodou, já que a jogabilidade sobrepõe todos esses detalhes de mapa, mas é válido o aviso.

Rainbow Six Siege ll

Vale ressaltar alguns detalhes que às vezes passam em branco. A dinâmica do jogo é impressionante. Coisas como escalar ou se arrastar quando está ferido é algo que realmente impressiona. É incrível o cuidado que eles tiveram nesses detalhes e que, para mim, deixa o jogo mais agradável e um pouco mais próximo da realidade.

Um detalhe, agora do lado negativo, é que eu tive alguns problemas de conexões durante o jogo e uma dificuldade para achar partidas. Espero que a Ubisoft arrume isso o mais rápido no server nacional. Isso não é novidade para mim, já que também tive o mesmo problema com o Star Wars: Battlefront. Já me certifiquei que não é problema com a minha internet.

Rainbow Six: Siege consegue destacar dos outros FPS por esses detalhes e jogabilidade que eu citei, porém os poucos objetivos e os mapas praticamente idênticos acabam deixando o jogo repetitivo. Apesar desses problemas, é um jogo que eu recomendo. Você não vai jogar nada igual. Eu poderia resumir o jogo em uma simples palavra: inovador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here