Talvez você só conheça X-men, Capitão América e Homem-aranha e nunca circulou pelos quadrinhos mais darks dos últimos 20 a 30 anos, mas Preacher é simplesmente uma obra de arte moderna. Os quadrinhos da Vertigo dos anos 90 foi um sucesso estrondoso porque conseguia casar violência, polêmicas religiosas e, para os americanos, uma crítica ao way of life conservador. Um prato cheio. Garth Ennis escreveu e Steve Dillon desenhou a série em quadrinhos que agora ganha as telonas pela AMC – sim, a mesma de The Waking Dead – com produção de Seth Rogen, aquele gordinho engraçado que tá em metade das comédias bobinhas atuais. Com co-produção também de Evan Goldberg e Sam Catlin.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Na história, Jesse Custer, um pastor de uma cidade pequena do Texas, se encontra possuído pela cria de um bimbada entre um anjo e um demônio. Agora dotado da “voz de Deus” que o força a fazer o que quiser, Jesse entra numa viagem para confrontar o próprio Todo Poderoso, para o fazer PAGA. Ele tem a ajuda de um vampiro e uma ex-namorada pistoleira e terá que enfrentar uma agência governamental misteriosa, a Igreja Católica e o Santo dos Assassinos, que desceu do céu para enfrentar o pastor.

O mais legal é que no trailer nem passaram pela parte sobrenatural da coisa, só focaram na violência e em toda a carnificina que vai rolar. Se você reconhecer de leve o personagem título ele já foi pai de Tony Stark nos filmes do Capitão América e na série Agent Carter. Legal? Curtiram a série sombria? Acham que a AMC tem que virar a correspondente do apocalipse mesmo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here