Pessoal nerd, essa é nossa primeira coluna escrita pelo fantástico Leandro Godoy do blog Cinema Em Fúria, que vai conduzir semanalmente uma discussão aqui no nosso humilde site sobre assuntos nerds, muito provavelmente cinema… ESTREIA!!!

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Pois é galera, um dos maiores cineastas vivos de hollywood profetizou o fim dos filmes de super-heróis, comparando a sua extinção com os westerns que foram bastantes populares até o final dos anos 1980. Como não dar crédito para uma afirmação tão apocalíptica, ainda mais vinda do criador dos blockbusters? Steven Spielberg revolucionou o cinema com o seu filme Tubarão lançado em 1975, o primeiro longa a obter mais de $ 100.000.000 em bilheterias pelo mundo, abrindo espaço para que a indústria do cinema se transformasse num grande conglomerado financeiro e uma das mais lucrativas formas de entretenimento.

Steven Spielberg não está errado, já que os filmes de super-heróis estão caindo na mesmice e por natureza se auto saturando, sufocando sua própria força motriz (quadrinhos) tentando se afirmar no que dita a moda nerd. Com os westerns não foi diferente, as produtoras não ousaram acabando por criar uma nova geração de artistas que não se arriscava mas sim copiava tendências, saturando sua linguagem se apoiando em clichês do gênero. Qualquer semelhança com a MARVEL não é mera coincidência.

O filme que marcou a morte do western foi ”O Portal do Paraíso” dirigido pelo megalomaníaco Michael Cimino, já vou dizendo que este é um filmaço, um dos melhores do gênero, mas que obteve seu fracasso de bilheteria na falta da empatia do público que cansou da formula que já estava bastante saturada. Um baque para a indústria, esse filme causou a falência de uma das maiores produtoras de Hollywood, a United Artists.

Qual será o filme que irá marcar o fim dos super-heróis no cinema profetizado por Spielberg? Acho que seria o Superman do Tim Burton, se ele tivesse sido lançado. E se não existisse a DC/ Warner e a MARVEL/ Disney, os filmes da FOX e da SONY já teriam sido a bomba atômica desde os filmes solo do Wolverine, todos os Quarteto Fantástico e os novos filmes do Homem Aranha pós Sam Raimi.

Por enquanto os filmes de super-heróis estão dando certo, rendendo milhares de dólares em bilheterias e transcendendo os cinemas fazendo renda também em outras mídias, como brinquedos e colecionáveis. Pena que isso não se reflete na indústria dos quadrinhos que são as grandes influencias desses filmes, a maioria das pessoas que os assistem não estão preocupadas em ler a obra original dos quais eles são baseados podendo assim fortalecer o conceito deste que já se transformou num gênero cinematográfico… azar o deles!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here