Já é o quarto jogo da franquia Uncharted que vem desde o PS3. O jogo tem tudo para ser um gênero tão marcante de ação/aventura quanto os outros, mas com algumas singelas mudanças que podem dar outra cara para o jogo.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Logo no início vemos que o Menu do jogo está mais “dark”, mais obscuro, o que desperta nossa curiosidade, conspirações começam a surgir. Mal inicia o jogo e já estamos sendo perseguidos por um navio, de perto, em alto mar e em meio a uma tempestade. É aquele começo típico de Uncharted, frenético, com tiros e velocidade, o que acaba me lembrando o primeiro Uncharted da franquia.

Uncharted 4 l

Após esse início de referências, eis que aparece outra. Depois de uma batida do barco do Nathan em um navio inimigo, surge uma cutscene. Como no Uncharted 3 – em que controlamos o Drake quando ele era pequeno – no quarto jogo da franquia, controlamos seu irmão, Nathan. Além dessa, temos referências a Crash Bandicoot e artefatos que foram ícones dos jogos anteriores. Aliás, sobre o Crash Bandicoot, eu necessito dizer aqui que isso foi incrível. Sério. Eu nem acreditei quando Nathan ligou o PS1 – SIM! PS1! – e lá estava ele, esperando para a gente jogar. É nós mesmos que temos que jogar e passar a fase, não é uma cutscene. Apesar de estarmos jogando Uncharted 4, por alguns minutos a gente acaba jogando Crash e eu fiquei muito, muito feliz por isso. Espero que seja um baita de um Easter Egg e que isso signifique alguma coisa.

Uncharted 4 ll

O jogo é bem temático, com idas e vindas no passado e no presente, controlando o Nathan quando ele ainda estava no orfanato. Em outra cutscene já estamos controlando ele adulto. A qualidade gráfica do jogo está incrível e isso nem me surpreende, já que eu não esperava nada menos que algo espetacular. Vale destacar que a dublagem está satisfatória, juntamente com a legenda. O trabalho de ambientação do jogo continua o mesmo, mantiveram o padrão. Coisas simples como “onde se agarrar para subir” ou “onde é seguro deslizar” fica de modo claro, mas sem aquele brilho extra, o que acaba deixando o jogo mais bonito. Não podia deixar de falar que o humor brando que há no jogo deixa tudo mais agradável e dinâmico. O cenário da ilha é encantador. Não se assuste se você passar um bom tempo olhando a vista, é normal.

Uncharted 4 lll

Todas as animações agradam. Quando saltamos, empurramos, puxamos, escondemos. Foi tudo bem pensado e ficaram atento aos detalhes. Até mesmo a forma como ele recolhe a corda após utilizá-la é algo que impressiona. O jogo é totalmente focado na história de um pirata famoso que saqueou uma fortuna de um navio de uma só vez. Porém ele não conseguiu usufruir disso. Trezentos anos depois, Nathan vai atrás desse tesouro. Mas ele vai descobrir que não será nada fácil chegar perto dessa fortuna. Há muitas cartas pelo mapa, o que completa a história e deixa cada vez mais interessante, despertando mais a nossa curiosidade.

Uncharted 4 lV

A introdução que acontece depois que a gente joga alguns minutos deixa claro que tudo antes era uma recapitulação, para que possamos compreender melhor o jogo.

A Naughty Dog não desapontou os fãs da franquia. A produtora tem feito um ótimo trabalho – juntamente com a Sony – e eu espero que continuem assim. O jogo estava com a data de lançamento marcada para o dia 10 de abril, mas antes dessa data oficial, já era possível comprar o jogo na pré-venda. Para os que estão afim de investir em um jogo em que a história irá te emocionar, recomendo que invista no Uncharted 4, vale muito a pena. Está sendo cotado para ser o melhor jogo do ano para o PS4 e com certeza irá disputar com os outros exclusivos de outras plataformas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here