O quê? Mais um filme sobre o Monstro de Frankenstein? Bom, é mais ou menos isso. Diferente de Frankenstein: Entre Anjos e Demônios, filme que saiu ano passado e que foi um fracasso de critica AND bilheteria, essa mais nova tentativa de adaptar a gloriosa obra de Mary Shelley parte de uma premissa diferente. Victor Frankenstein, como o nome sugere, vai se focar mais no criador do que na criatura. Pra ser mais exato, o filme vai explorar a relação entre o renomado médico com complexo de Deus, Victor Frankenstein (James McAvoy), e seu fiel assistente e amigo Igor (Daniel Radcliffe).

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Ponto positivo a se destacar até agora? A escolha do elenco. McAvoy é um ator foda fazendo qualquer papel, agora dê um papel de cara surtado a ele e você verá o garoto brilhar. Quanto a Daniel Radcliffe, acredito que ele tem se saído melhor a cada filme que faz.  A dinâmica dos dois até agora se mostrou interessante, onde um faz as vezes de gênio inconsequente enquanto o outro faz o papel de amigo conselheiro com os pés no chão. Mas espera um pouco, eu já não vi isso antes?

kinopoisk.ru

E ai está um ponto que me preocupa. A coisa toda está com uma pegada meio Sherlock Holmes do Guy Ritchie misturado com Penny Dreadful. Não me entendam mal, o filme é bom e o seriado é excelente, mas se no final da contas Victor Frankenstein não passar de uma custura mal feita de bons elementos, sem trazer algo que o destaque, isso acabará tendo um triste resultado tal qual foi o monstro criado pelo médico fictício.

O filme tem direção de Paul McGuigan e estréia em 1º de outubro no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here