Morreu no último domingo (30), aos 76 anos, o famoso diretor de filmes de horror Wes Craven. Entre suas obras estão as populares franquias A Hora do Pesadelo e Pânico, que ajudaram a redefinir o gênero de terror adolescente. Craven vinha batalhando a muito tempo contra um câncer no cérebro e acabou falecendo em sua casa, que fica em Los Angeles. Sua família fez o anúncio.

Assine nossa lista de e-mails para ter novidades nerds de alta qualidade, imediatamente, assim que forem postadas

Responsável pelo criação de ícones de horror como Fred Krueger, Craven já havia afirmado que a ideia para A Hora do Pesadelo surgiu do fato de ele ter morado próximo a um cemitério que ficava na Rua Elm, o mesmo nome do local onde se passa o primeiro filme, que ele dirigiu e escreveu. A Hora do Pesadelo teve 5 capítulos ao todo e foi um sucesso de bilheteria entre os anos de 1984 a 89.

Nos anos 90, o mestre alcança um novo sucesso com a série de filmes do Ghostface. O primeiro Pânico saiu em 96, e fez mais de 100 milhões de dólares em bilheteria. Após 4 filmes, cuja temática inspirou tantos outros projetos, a franquia Pânico retornou nesse ano como uma série de TV pela MTV. Para o final da primeira temporada, um representante do canal afirma ao THR que será feita uma homenagem ao diretor.

Fora do gênero que o consagrou, Wes Craven também realizou filmes dignos de nota. Em 1990 ele dirigiu Música do Coração, drama estrelado por Meryl Streep. O filme rendeu á ela uma indicação ao prêmio de melhor atriz da academia pelo seu papel como uma professora do Harlem que davas aulas de violino. Mais recentemente Craven dirigiu também a comédia romântica Paris eu te Amo, protagonizada por Emily Mortimer e Rufus Sewell.

E você, acompanhava o trabalho de Wes Craven? Qual filme dirigido pelo mestre do horror te causou mais sustos? Comenta ai!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here